Implementado em 2018 pela Receita Federal, o eSocial vem promovendo mudanças no modo como se faz contabilidade no Brasil. Se até pouco tempo os processos eram feitos manualmente, no papel, hoje eles são digitais — muito mais rápidos, práticos e eficientes.

Junto da modernização na comunicação entre empregadores e Receita Federal, ele vem gerando oportunidades interessantes aos contadores. Afinal, a demanda por quem conhece o sistema cresceu a ponto de superar, por exemplo, os requisitos de experiência — que é o pesadelo do profissional iniciante.

Contudo, o profissional que já adquiriu bagagem no mercado de Ciências Contábeis, para não ser deixado para trás, deve encarar o domínio do eSocial como uma oportunidade de se consolidar na empresa ou, até mesmo, ganhar um aumento.

Gostou das novidades explanadas até aqui? Pois saiba que isso é apenas um aperitivo. Neste artigo, apresentaremos quatro oportunidades que o eSocial vem gerando na concorrida área de Contabilidade. Acompanhe, abaixo!

  1. Consultoria de implementação do eSocial

Muitas empresas ainda estão aprendendo como funciona o sistema de escrituração digital. Isso significa que a implementação do eSocial, por exemplo, ainda é um desafio que se fará presente ao longo do ano, sobretudo pelos setores que estão pressionados pela obrigatoriedade em usá-lo.

Para quem já tem experiência com Departamento Pessoal, o conhecimento acerca do sistema pode ajudar a assumir cargos de liderança. Se o profissional já faz parte de uma equipe, no entanto, as chances de promoção aumentam consideravelmente!

  1. Parcerias com empresas de TI

A transformação digital e as inovações estão diretamente ligadas ao setor de Tecnologia da Informação (TI). O que nem todos os contadores percebem é: desenvolvedores de software necessitam de especialistas na área para criar sistemas contábeis de alta qualidade.

Logo, se o contador tem um conhecimento sólido dos procedimentos da área e do que envolve o eSocial, ele pode buscar uma parceria. Outra opção é abrir uma startup para criar e vender um produto que atenda às necessidades do mercado.

  1. Treinamento de equipes internas

Como o desconhecimento prático abrange, também, as próprias equipes de contabilidade, as empresas estão contratando consultores não somente para analisar e supervisionar a implementação, mas para orientar as equipes de todas as mudanças.

Portanto considere o grande número de empresas e escritórios de Contabilidade cujos colaboradores necessitam aprender eSocial. Em adição ao fato, analise as possibilidades que a Internet proporciona para que o treinamento seja realizado.

Você chegará a um produto que resolverá os problemas das empresas sem interromper os seus processos internos.

  1. Prestação de serviços a pequenas empresas

As micro e pequenas empresas, assim como os Microempreendedores Individuais (MEIs), passaram a ser obrigados a implantar o eSocial em novembro de 2018.

O contator mais atento identifica nos pequenos negócios a oportunidade de prestar serviços contábeis voltados ao uso de sistemas de escrituração digital. Além disso, as chances de conseguir os próprios clientes são grandes.

Em suma, a tendência é que os serviços específicos para eSocial aumentem as oportunidades nos próximos anos. Com o impulso das inovações, vale destacar o conhecimento em áreas da tecnologia como um diferencial e tanto no mercado de trabalho.

Se você está buscando ser o profissional que as empresas necessitam hoje em dia, um ótimo meio de se qualificar é fazendo o curso prático de Departamento Pessoal e eSocial. Nele, o estudante aprende todos os procedimentos contábeis de DP e tudo que envolve o eSocial, ou seja, é a solução perfeita para se especializar!

Fonte: Jornal Contábil