Juceg: Certidão Simplificada poderá ser solicitada pela internet

Cadastrado em 03/07/2012 2 Comments

A partir do dia 15, será feita a digitalização e informatização do processo de emissão desse documento.

A espera de até 24 horas para conseguir uma certidão simplificada de uma empresa em Goiás pode estar com os dias contados. Pelo menos é o que estima a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg), com a digitalização e informatização da emissão destes documentos a partir do dia 15.

Os empresários que precisarem de documentos para abrir contas bancárias, tomar crédito ou realizar qualquer movimentação financeira que precise de um certidão de “Nada Consta” poderá solicitar o serviço pela internet, de qualquer parte do mundo.

Na prática, os usuários poderão pedir e retirar as certidões simplificadas por meio eletrônico. O vice-presidente da Juceg, Alexandre Caixeta, diz que a expectativa é de que o serviço reduza em até 40% o movimento na sede do órgão e nos postos de atendimento, além de diminuir consideravelmente o tempo de espera.

Hoje, para ter acesso ao documento, destinado à pessoa jurídica, o usuário deve se dirigir até um posto autorizado da Juceg e enfrentar fila. Em alguns casos, a espera pode demorar até um dia. “Agora, o usuário terá rapidez e eficiência neste serviço. E poderá ter autonomia”, diz.

ACESSO

O sistema implantado pela Juceg é espelhado no serviço oferecido pela Junta Comercial do Espírito Santo (Jucees) há alguns anos. “É o mesmo software usado lá, mas com algumas adaptações para a nossa realidade. Investimento em mão de obra para esta adaptação”, destaca.

O usuário poderá, em primeiro momento, solicitar apenas de certidões simplificadas pela internet. As certidões específicas e de inteiro estão de fora. Alexandre garante que, posteriormente, o serviço vai ser expandido para todas as modalidades de certidão, embora não haja data definida.

As certidões simplificadas são constituída de informações sintetizadas sobre a situação atual da empresa como: nome da empresa, endereço, capital social, distribuição do capital entre os sócios, administrador da empresa, porte, situação, filiais, pendências administrativa.

Segundo ele, o usuário poderá acessar o site da junta e digitar os dados de sua empresa. O sistema vai gerar uma Dare. O pagamento da guia poderá ser feito pela internet ou em qualquer agência bancária. “Após o pagamento, é preciso voltar ao site da Juceg para informá-lo. Depois disso, o usuário terá acesso a certidão em poucos minutos”, afirma.

DIGITALIZAÇÃO

A empresa PA Arquivos deve começar a digitalização dos arquivos da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) ainda neste mês. A previsão é de que dentro de três todos documentos de 112 anos de história de vida empresarial de Goiás ganhem vida também em computadores.

DOCUMENTOS

São cerca de 20 milhões de documentos que serão digitalizados pela empresa paraense, vencedora do processo licitatório aberto pelo Estado em 2011. A empresa ganhou a disputa pública, em maio deste ano, por apresentar o menor preço para realizar o serviço: R$ 2,1 milhões.

O vice-presidente da Juceg, Alexandre Caixeta, avalia que a digitalização vai garantir sobrevida aos documentos e facilitar a prestação de consultas. “Hoje, quando alguém solicita informações do arquivo, a procurar pode demorar de 3 a 5 dias. Com digitalização será feito na hora”, prevê.

Alexandre ressalta que o serviço ainda pode findar as fraudes aos históricos das empresas, como troca de folha. “Vai gerar segurança e rapidez de consulta. A empresa ganhadora da licitação vai trabalhar dentro da Juceg”, diz.

Sistema avisa pelo celular sobre processo

Ainda na era da informatização, a Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) criou um serviço que possibilita avisar quando o processo de registro mercantil já estiver no protocolo.
Pelo serviço, chamado Torpedo Juceg, o usuário recebe uma mensagem no celular avisando quando o processo já estiver pronto para ser retirado.
A informação, que agora será emitida em tempo real para os usuários que forem atendidos na sede da Juceg, também pode ser consultada pelo site da instituição.
A medida vai garantir mais conforto para o empresário, que não precisará se deslocar até a sede da Junta Comercial para obter a informação os procedimentos para registro mercantil da empresa.
Fonte: O Popular

Post to Twitter Post to Yahoo Buzz Post to Delicious Post to Facebook Post to Google Buzz Send Gmail Post to LinkedIn Post to MySpace

2 Comments

  1. Maria Rita says:
    segunda-feira, agosto 27, 2012 at 12:47pm

    A ideia é boa, mas não dá pra tirar de jeito nenhum essa certidão online… trabalho com serviços on-line num órgão do Governo de Goiás e nunca consigo tirar quando solicitado.

    Reply

    • ANTONIO JOSE says:
      terça-feira, agosto 20, 2013 at 10:39am

      Boa ideia é quando alguem implanta um sistema que atende a população,voce vai tirar uma certidão da pessoa juridica e aparece a tela para cadastro é de pessoa fisica, voce cadastra uma pessoa fisica, uma senha e não consegue mais nada.

      Reply

Postar um Comentário

Your email is never published or shared. Required fields are marked *